Para nos auxiliar na proteção de bens tão fundamentais são empregados os sistemas de detecção e alarme de incêndio, constituídos em grande parte por equipamentos eletrônicos que automaticamente, ou mediante intervenção humana, são acionados para notificar visual e audivelmente os ocupantes da instalação em perigo, podendo inclusive acionar sistemas de extinção de fogo.